Conheça os principais tipos de lâmpadas e onde melhor aplicá-las

Você ainda tem dúvida em qual tipo de lâmpada usar? Não entende nada daquela nomenclatura descrita na embalagem? Comprou uma lâmpada e viu que não se encaixou direito no seu ambiente?

São essas e muitas as dúvidas que embaralham a nossa cabeça e nos fazem errar na hora da compra, por isso precisamos entender quais são os tipos de lâmpadas que existem, sua vida útil e qual o seu fluxo luminoso para deixar o ambiente do jeitinho que a gente quer, trazendo ainda mais conforto, funcionalidade e bem estar.

Às vezes nos deparamos com um lugar em que nos causam um incômodo, geram calor, deixam as cores saturadas ou até mesmo as pessoas mais pálidas, situações que influenciam constantemente na reação de como essa pessoa se comporta, e isso pode interferir diretamente no meio de trabalho, estudos e até mesmo varejo, fazendo com que o consumidor mude de opinião sobre um determinado produto.

A luz quando não bem utilizada pode mudar o tom de um objeto, queimar um quadro decorativo e até mesmo fazer mal a saúde, por isso é sempre bom antes fazer um cálculo luminotécnico, que nada mais é do que uma matemática rápida para aplicação de uma luz artificial em um ambiente, para ser mais clara irei te mostrar um pouco das principais lâmpadas e como utilizá-las.

Lâmpadas Incandescentes

Foi o primeiro tipo de lâmpada que permitiu utilizar a eletricidade para iluminação e deve-se a Thomas Edson em 1879, ela é constituída por um filamento de tungstênio no interior do bulbo de vidro e preenchida com um gás inerte. As lâmpadas Incandescentes são características de transformar energia elétrica em calor, apenas 5% de sua energia é transformada em luz, enquanto os outros 95% é transformado em calor, deixando o ambiente um pouco mais quente e assim gerando um número maior de gasto em energia elétrica, não ajudando no bolso do consumidor.

Tem uma tonalidade de 2.700k que significa que é uma lâmpada de tom amarelado, sem falar na sua vida útil de 1.000 horas que é o tempo que ela irá durar, porém esse número não depende das vezes em que ela é acionada e sim do tempo em que ela permanece acesa.

São indicadas para usar em pendentes como iluminação decorativa e alguns tipos de luminárias como plafons para iluminação geral.

Imagem relacionada

Lampadas Halógenas

É um tipo de lâmpada incandescente com filamento de tungstênio contido em um gás inerte e com uma pequena quantidade de um elemento halogêneo como iodo ou bromo preenchido dentro de seu bulbo, garantindo maior durabilidade na lâmpada e também maior eficiência na iluminação.

Ecologicamente correta, possui uma luz mais brilhante que realça a cor dos objetos, deixando-os mais bonitos, com um IRC (Índice de Reprodução de Cor) de 100% tornado a luz mais real, parecida com a luz do sol, tendo uma vida útil de 2.000 a 4.000 horas, com uma temperatura de cor entre 2.800k a 3.100k o que torna o ambiente mais agradável com uma luz mais equilibrada, além de ser dimerizável que significa que podemos regular a intensidade do seu brilho, deixando-o mais propicia ao ambiente que queremos.

Tem como desvantagem o uso de transformador para serem instaladas e não são tão econômicas assim, gerando um maior gasto de energia elétrica.

Resultado de imagem para lampadas halógenas

 

 

 

 

Lâmpada PAR

Aqui iremos falar das lâmpadas PARES DE LED, que vem substituindo as halógenas comuns e ganhando mais espaço no mercado, por serem até 80% mais econômicas e pelo fato que sua superfície refletora emitir focos de luz capazes de enfatizar o brilho causando uma perfeita luz homogênea.

Então quando o assunto é economizar não podemos abrir mão da PAR 20, 30 E 38, que se diferenciam da potência e dimensão do fluxo luminoso, quanto maior o seu ângulo de abertura maior será a sua potencia, por isso precisamos saber bem onde e o porquê queremos utilizar uma dessas lâmpadas.

As lâmpadas par 20 e 30 são perfeitas para iluminação decorativas e também para pontos focais, pois, tem um brilho que valoriza os materiais deixando-os mais requintados e o ambiente mais aconchegante, são perfeitas também para uso interno e externo, assim como em vitrines, lojas, hotéis, restaurantes, etc. Possuem uma vida útil de 30.000 horas e são comercializadas tanto na tonalidade amarela, quanto branca, contendo então um fluxo luminoso de 550lm a PAR20 e 800lm a PAR 30, que equivalem à quantidade de luz que essa lâmpada emite para todas as direções, quanto maior o número de lúmens mais irá iluminar o ambiente.

Resultado de imagem para lampadas par

 

Lâmpadas AR

No grupo das lâmpadas AR encontramos 3 tipos, que são: AR48, AR70 e AR111, tem como diferença seu ângulo de abertura, que variam de 4°, 8° e 24°, porém elas tem capacidade de iluminar desde  uma pequena área quanto um espaço maior como luz geral, possuem uma tonalidade de cor de 3.000K com um IRC de 100% e uma vida útil que varia de 1.000 a 3.000 horas não causando ofuscamento e agregando mais valor.

As AR48 servem mais para fins decorativos por ser uma luz mais suave, já as AR70 são mais comuns a serem utilizadas, e podemos usá-las em pé direito comum, de até 3 metros de altura, podem ser aplicadas tanto no teto quanto no chão, e por último as AR111 são as mais indicadas para pé direito duplo, de até 8 metros, pois possui um facho luminoso bem forte que se utilizada em pé direito comum pode gerar um belo de um desconforto.

Resultado de imagem para lampadas ar

Lâmpadas Fluorescentes

Dividem-se em dois tipos, as fluorescentes compactas e tubulares. As compactas são indicadas para iluminação geral de ambientes e também para uso decorativo por serem menores, onde há vários modelos que podem ser dimerizáveis, precisando ou não de reator.

Já as tubulares são também indicadas para iluminação geral e decorativa, alguns modelos como a T5 são utilizadas em sancas por serem mais finas, que quando utilizadas em sancas é aconselhado que entrelacem elas para que a luz fique mais homogênea, porém esses modelos precisam de reator.

Possuem uma vida útil de 7.500 a 45.000 mil horas, mas o seu IRC é de 85% diferente das demais que apresentei aqui, tem uma tonalidade de cor que varia do amarelo ao branco ficando fácil de combinar com o ambiente que queremos. São características também de não produzirem calor o que causam também um gasto menor na energia.

Imagem relacionada

 Lâmpadas de LED

A lâmpada de led vem com a mesma tecnologia dos chips de computadores que tem propriedade de transformar energia elétrica em luz, sendo assim então a mais econômica encontrada no mercado e com uma vida útil extremamente longa de 25 a 50 mil horas, somando então 15 anos se ligada em torno de 8 horas por dia. São as mais modernas lançadas até hoje, de última tecnologia, transformando toda a sua energia elétrica em energia luminosa, ajudando então na conta de luz, além disso, é um produto ecologicamente correto e seu valor para compra é mais em conta também.

Servem para iluminação de destaque, decorativo, uso residencial e comercial, e possuem dois modelos, os de alta potência para iluminação geral ou destaque decorativo, e as de baixa potência que encontramos em sinalização no trânsito, botões de comando, e até mesmo em luzes de natal.

Resultado de imagem para lampadas led

Diulie Ferreira

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *